5 de abril de 2017

Então, eu voltei a ser blogueira?

De uns tempos para cá, eu tenho me afastado cada vez mais da minha vida virtual (ou pelo menos tentei fazer isso com as coisas que eram relacionadas ao blog). Simplesmente porque tudo isso estava me sufocando, de dentro para fora, e eu não estava - definitivamente, não - conseguindo controlar essa asfixia.

Esse post é especial para falar exatamente sobre o que me faz continuar aqui (blogando) e o que me faz pensar em deixar pra lá, quase que simultaneamente. Mas calma, continua sendo só uma postagem. ♥


Essa semana estava pela internet e vi uma postagem no blog da Aninha (você pode ver aqui), em que ela falava um pouco sobre a "vida de blogueira" e ao mesmo tempo sobre não se encaixar muito bem nisso. Céus!! Ainda bem que li aquele post, porque eu meio que já não estava mais aguentando a minha cabeça me dizendo que existe um padrão de blogueira em que eu nunca vou me encaixar.

Mas, o que a minha cabeça não me deixava pensar era que estava tudo bem não fazer parte desse padrão e talvez de nenhum outro também. Escuta só, não estou dizendo que não sirvo para ser blogueira ou youtuber, tanto faz. Eu estou dizendo que não sirvo para toda essa loucura da "vida de blogueira" porque o nosso padrão de uma boa blogueira está definido pela agenda cheia, presença em vários eventos e atualização de conteúdo quase que como se atualiza uma linha de produção. E que não é o caso do Seis Mil Milhas, né?

E eu fico pensando se no final das contas dá para aproveitar direito cada momento e cada conquista. Porque eu com certeza não conseguiria (mal consigo agora) aproveitar da maneira que eu gostaria. Eu sou do tipo que precisa de calma e respirar fundo - talvez uma, duas ou dez vezes - para depois começar tudo de novo.

Só que é exatamente esse o meu dilema. Eu quero aproveitar cada momento da maneira que ele deve ser aproveitado e ao mesmo tempo relatar isso, como se fosse o meu diário compartilhado online. Apenas isso, nada mais do que isso. Ter um blog era o meu hobby favorito desde que eu tinha 16 anos, e quero que continue sendo apenas um hobby. Sem preocupações, sem cobranças (maioria da minha parte mesmo).

Mas então a minha resposta é sim, eu voltei a ser blogueira. ♥

Talvez esteja confuso, mas é assim que a minha cabeça funciona. Mas eu só quero deixar claro que eu quero ser a blogueira que compartilha coisas que a sua saúde mental permite, com a frequência de duas vezes na semana com um bônus de um vídeo. Afinal, é o que eu sei que funciona pra mim e que eu tenho a certeza que vou conseguir cumprir.

Espero que me entendam o meu sumiço (de coração),
e que gostem de acompanhar o blog diário Seis Mil Milhas! ♥

3 comentários:

  1. Adorei o post flor, bem vinda, sempre passamos por fases, e sempre tem alguém com um post que ajuda né?! bjus Adorei seu blog.

    Blog Mikaelly Menezes

    ResponderExcluir
  2. Eu também vi o post da Aninha e me peguei refletindo! Nunca me encaixei em um padrão nem na escola, nem na faculdade, nem em lugar nenhum, não seria diferente na blogosfera. As coisas andam automáticas demais, falta postagem com o coração e fico feliz de encontrar esse tipo de conteúdo por aqui <3 Me deixa com o coração quentinho !
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  3. Sim, sim, sim! O texto da Aninha super me descreveu. Não vou dizer que nunca tive parcerias com o blog, mas essa coisa de agenda lotada, eventos e tal, sinceramente não é pra mim. E eu também sou blogueirinha, por prazer, pelo simples prazer de relatar isso num cantinho que é meu na internet. Faço isso desde os 14, e eu sinceramente não consigo parar. Fico feliz de pensarmos assim e de você não abandonar o blog. De verdade!

    Um beijo.
    www.janeladesorrisos.com

    ResponderExcluir

© SEIS MIL MILHAS - 2014. ♥ Todos os direitos reservados.
Criado por: SARAH LYNN. ♥ Tecnologia do Blogger.